Author Archives: Irene Santos

O ano de 2021 vai ser de crise econômica no Brasil?

Diante do cenário atual em que o país vem vivendo e toda complicação provocada pela crise do corona vírus é impossível não pensar na situação econômica que o Brasil vai se encontrar no próximo ano. Antes de toda essa situação a economia já não ia tão bem e com a chegada da pandemia a economia despencou consideravelmente.

Trabalhadores tiveram que parar de trabalhar por um determinado tempo devido a quarentena e isso teve grandes consequências principalmente para os trabalhadores informais e micro empreendedores que tiveram que fechar seus negócios pois não conseguiram se manter diante da situação.

Os trabalhadores que conseguiram permanecer foram obrigados a mudarem sua forma de serviço e atendimento se adequando a realidade enfrentada.

Diante dessas situações o mercado foi fortemente atingido e a economia brasileira apresentou uma grande queda, sendo necessário o Governo Federal criar o Auxílio Emergencial para ajudar os brasileiros a se manterem durante esse período tão incerto. Para o próximo ano a certeza da continuidade do pagamento do auxílio já não é garantida e famílias com mais necessidades só podem contar com o calendário do Bolsa Família em 2021.

A instabilidade política e a crise sanitária ameaçam a economia brasileira de uma forma muito forte e as consequências podem ser grandes. Para alguns economistas essa pode ser a maior crise que o país já viveu, principalmente por ela surgir no momento que o Brasil tentava retomar seu crescimento e por não poder contar com setores externos que também foram severamente afetados pela pandemia.

Principais consequências da crise econômica

Queda do Produto Interno Bruto (PIB)

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima uma queda do PIB de 5,3% e esse número representa a pior retração desde o ano de 1901. A estimativa é que esta será a crise mais atípica e intensa que o país já tenha passado e os economistas brasileiros já tenham observado.

Taxa de desemprego

A taxa de desemprego segundo os pesquisadores seria a maior desde os anos de 1980. Com empresas fechando suas portas e trabalhadores informais ficando impossibilitados de trabalhar a procura por empregos aumentou, mas o número de vagas não, longe disso, as vagas começaram a serem liberadas pois os donos das empresas não estão conseguindo manter seus funcionários, escolhendo ficar apenas com os que ocupam cargos essenciais.

Diante da situação vivenciada pelo Brasil e por todos os outros países do mundo grandes consequências estão por vir, principalmente na economia que vem sendo bastante fragilizada. O que esperar para o próximo ano é uma incógnita, mas o pensamento positivo para que a crise não seja tão devastadora é grande na cabeça de todos os brasileiros e dos cidadãos de outros países.

Financiamento estudantil pode destruir a economia das famílias; proteja-se!

O financiamento estudantil é uma grande oportunidade para que jovens e adultos consigam garantir seu ingresso no ensino particular de qualidade de maneira facilitada já que o financiamento possibilita o parcelamento dos custos pelo ensino que muitos não conseguem manter. Com o financiamento o pagamento só acontece no final do curso e isso pode ser benéfico ou maléfico, sendo em alguns casos um grande vilão da economia familiar.

Estudantes que estão cursando graduações consideradas não tão rentáveis ou que não possuem muito mercado são os mais prejudicados por esses financiamentos que ao final do curso quando chega no período do pagamento do valor que foi financiado eles não conseguem custear pois não obtiveram ainda o retorno necessário para bancar as parcelas.

Diante disso e da busca por alternativas para pagar a dívida para não começar a vida profissional já no vermelho muitas famílias tiram dinheiro de onde não tem e acabam destruindo a sua situação econômica. Para evitar situações como essas é imprescindível que os estudantes que vão fazer o financiamento se informem bem e analisem todos os pontos para entenderem completamente como funciona o financiamento, desde o aditamento do FIES em 2021 ate as datas do FIES 2021 para fazerem as matrículas.

O que é o financiamento estudantil?

O financiamento nada mais é que um programa que possibilita aos estudantes a chance de se matricularem em cursos superiores de instituições privadas de maneira facilitada. Os alunos conseguem se matricular nas universidades e conseguem muitas vezes juros zero com o financiamento, sendo necessário só o pagamento de uma taxa simbólica, mas o pagamento total só após a conclusão do curso.

O financiamento cobre todo o custo das mensalidades e matrícula dos estudantes. Ao chegar o fim da graduação os jovens devem se preparar para pagar o valor financiado e ai que pode morar o perigo em alguns casos. O mercado de trabalho para alguns cursos é muito instável e a garantia de um emprego assim que formados não é tanta, impossibilitando a presença de uma renda para o pagamento.

Com isso a renda familiar começa a enfrentar dificuldades para custear a dívida feita e não deixar que os recém formados já comecem a sua vida profissional com dívidas. Devido a isso a preparação econômica é muito importante para que não seja criado uma bola de neve que acabe com a economia familiar quando se vai iniciar um financiamento, seja ele qual for.

  • Corte de gastos desnecessários;
  • Não comprar por impulso;
  • Pesquisar preços;
  • Evitar o uso de cartões de crédito;
  • Ter uma reserva de dinheiro.

Diferenças entre o ensino público e privado no Brasil

A comparação entre o ensino publico e privado no brasil na maioria dos casos é uma comparação injusta. O ensino publico é repleto de deficiências e desigualdades em todo o território brasileiro enquanto o ensino particular por serem instituições privadas conseguem manter uma melhor qualidade para oferecer a todos os alunos e funcionários.

Alunos que hoje cursam o ensino fundamental e médio no Brasil por meio de instituições publicas acabam apresentando dificuldades de aprendizagem devido as péssimas condições que enfrentam diariamente tanto em quesitos estruturais quanto curriculares do ensino. Diante disso, alunos que fazem parte de escolar privadas são considerados privilegiados diante de toda a sociedade pois não precisam enfrentar situações e problemas que os alunos das escolas publicas enfrentam.

Ensino público no Brasil

No Brasil é muito discutido sobre as dificuldades e déficits do ensino público, mas alguns pontos são deixados para trás dessa discussão e são pontos bastante importantes. Sim, algumas escolas públicas apresentam extremas deficiências que atingem diretamente o aprendizado dos alunos, mas investimentos para mudar essas situações são feitos todos os anos e buscam sanar um pouco toda a dificuldade presente nessas instituições.

Ao se comparar uma escola municipal com uma federal ou até mesmo de referência já é notória a completa diferença de estrutura e ensino. Escolas municipais devido há muitas vezes as localizações ficarem mais distantes e prejudicadas em comparação as outras que já possuem um ensino diferenciado e uma maior atenção do governo.

Um grande exemplo disso são instituições que possuem professores que possuem títulos renomados trabalhando nessas escolas, são alunos que participam de projetos pelo Brasil a fora ganhando prêmios graças ao conhecimento que possuem e a quantidade desses alunos que se destacam tanto no mundo acadêmico quanto profissional. Com a modernização e o investimento nas escolas públicas já é possível fazer a pré matrícula pela internet facilitando a vida de todos os pais e responsáveis que todos os anos enfrentavam enormes filas para conseguirem uma vaga em uma boa instituição para seus filhos.

Matriculas de várias escolas públicas já começam a serem divulgadas como é o caso das matriculas Belo Horizonte 2021, que acontecem quase que totalmente digital facilitando os serviços tanto para a população quanto para os servidores que trabalham com isso.

Algumas escolas públicas oferecem um ensino precário, mas algumas instituições são capazes de oferecer uma qualidade parecida e até superior as escolas privadas no Brasil. essas escolas são mais concorridas mas são referência em ensino e valem todo o desafio para a conquista da vaga, principalmente para as pessoas que vivem em situações menos favorecidas que buscam um ensino de qualidade de forma gratuita.

Escolas privadas no Brasil

Para famílias de classe média e média alta no Brasil é indiscutível a escolha por instituições privadas que normalmente possuem um ensino mais completo e focado que as escolas públicas. Sem greves ou atrasos no repasse do conteúdo, qualidade estrutural e de ensino e inúmeras outras vantagens que essas instituições podem oferecer fazem dessas escolas a melhor opção para muitos.

Professores com currículos excelentes com alguns possuindo ate doutorado fazem o valor da instituição subir e seus resultados diante o mercado da educação serem satisfatórios. A quantidade de alunos aprovados em vestibulares e concursos fazem com que a qualidade do ensino dessas escolas sejam acentuados e assim consigam obter cada vez mais alunos e com isso vão investindo sempre mais na melhor oferta para todos os seus alunos.

Por que o governo Bolsonaro quer trocar os nomes de alguns programas sociais?

Todos os governos quando iniciam o seu mandado possuem uma listagem de programas e propostas a serem lançados e feitos durante os quatro anos que estão no poder, e com o governo Bolsonaro não seria diferente. O Brasil é muito reconhecido tanto em território nacional quanto internacional pelos seus programas sociais que existem a anos e oferecem benefícios para milhões de brasileiros.

todos os programas sociais oferecidos vêm sendo passado de governo em governo continuando sua permanência devido a toda a sua importância no território, alguns desses principais programas são o Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida, mas com o governo Bolsonaro esses reconhecidos programas vão passar por algumas alterações inclusive de nome.

O novo Bolsa Família

Com o governo Bolsonaro e suas mudanças algumas regras para os participantes do benefício foram alteradas, como por exemplo a renda mínima da família para o recebimento do valor concedido. O Bolsa família surgiu como a união de três programas do governo que eram o fome zero, vale gás e bolsa escola, como todos os beneficiários recebiam os três programas o governo decidiu unificar criando o então Bolsa Família, que logo começara a se chamar Renda cidadã.

O renda cidadã além de abranger todos os beneficiários do Bolsa Família vai garantir no recebimento a adição de novos beneficiários, as pessoas que atualmente recebem o auxilio emergencial concedido pelo governo durante a crise do corona vírus também passarão a fazer parte do programa social devido a toda a realidade que foi exposta nesse período. Foi constatado que o número de pessoas em situação de vulnerabilidade no Brasil ainda é muito alto e deve ser abraçado.

O que é o Casa Verde e Amarela?

Novo nome dado ao então programa Minha Casa Minha Vida o Casa Verde e Amarela assim como o Renda cidadã traz regras diferentes. O programa atual possui uma divisão de beneficiários em quatro faixas que depende da renda familiar bruta a atualização prevista para ser implementada no governo Bolsonaro possui uma divisão em três faixas com critérios de renda diferenciados.

Todas as mudanças vem sendo amplamente discutidas e estudadas para começarem a entrar em vigor e continuarem beneficiando a população brasileira, mas enquanto as mudanças ainda não ocorrem os programas em vigor continuam e suas regras também, então enquanto isso é necessário que todos os cidadãos que fazem parte de um desses programas fiquem atentos a todas as informações divulgadas como é o caso da divulgação do calendário Bolsa Família 2021, para que ninguém saia prejudicado e por ventura perca algum de seus direitos.

Geração de empregos no Nordeste deve aumentar nos próximos 6 meses

A busca por empregos no nordeste sempre foi uma dificuldade para muitos, o que a uns anos atrás fazia com que milhares de pessoas deixassem a região e se mudassem em busca de oportunidades no sudeste do país.  Com o passar dos anos novas oportunidades foram surgindo na região, grandes indústrias se instalaram e o setor turístico abriu grandes possibilidades no comercio fazendo uma maior movimentação e a possibilidade de mais pessoas se profissionalizarem.

A oferta por vagas de emprego no setor publico também vem crescendo e inúmeros concursos são lançados em todos os anos. Diversos órgãos abrem seleções para os concurseiros ocuparem as vagas disponíveis em diversos cargos públicos. Para que todos acompanhem todos os concursos lançados na região foi criado o PCI.

Entenda o que é o PCI

O PCI é um site para concursos onde conferem todas as informações das vagas em aberto de forma mais organizada. É ordenado por regiões onde lista todas as observações a respeitos dos concursos oferecidos e como todos funcionam. No site também é possível ter acesso a outros benefícios além dos concursos lançados. Vídeo aulas, apostilas e vagas de trabalho e estágio são alguns dos benefícios disponíveis no site que auxiliam a todos os interessados que o acompanham.

Com ele o acompanhamento dos concursos previstos para 2021 é feito de forma mais facilitada e direta já que todas as informações necessárias ficam disponíveis no site para que não reste dúvidas e os interessados em concursos fiquem sabendo de todos os futuros lançamentos.

Concursos no Nordeste

O ano de 2020 sendo um ano de eleição para prefeito e vereador traz uma maior movimentação nos cargos públicos e faz com que novas vagas abram, e no Nordeste não ocorre de forma diferente. Com as eleições alguns cargos públicos ficam disponíveis e com isso novos concursos são laçados com o objetivo de preencher os cargos em aberto. A busca por concursos Nordeste 2021 já começa a ser um dos principais títulos de pesquisa dos concurseiros que buscam no setor público uma estabilidade e assim uma garantia de uma melhor condição de vida.

Com o auxílio da plataforma do PCI é possível que os interessados se conectem ao site e acompanhem todas as novidades acerca dos concursos que estão por vir. De forma rápida e simplificada através de computadores ou do próprio telefone celular eles ficam sabendo sobre prazos de inscrição, vagar e cargos ofertados, além da remuneração e benefícios concedidos pelo cargo. Assim, a busca e o acesso a novas vagas de emprego na região Nordeste ocorrem de forma mais simplificada e todas as pessoas interessadas não perdem essas grandes oportunidades.

A Ordem dos Advogados do Brasil se prepara para recrutar novos inscritos

A ordem dos advogados do brasil (OAB) é uma instituição que que tem a função de representar todos os advogados do Brasil quanto classe profissional. Ela tem como objetivo fiscalizar e auxiliar a prática da advocacia e fica responsável por assuntos éticos da profissão.

A OAB também é responsável por defender a constituição, os direitos humanos, o estado de direito e a justiça social. A instituição também tem como responsabilidade a realização do exame da ordem que autoriza formandos do curso de direito a exercerem a profissão de advogado quando aprovados no exame.

Importância da OAB

A sua importância já tem início com a realização do exame da ordem. Com ele há a seleção dos melhores profissionais, os mais qualificados para atuarem na área. Apenas os aprovados pelo teste da OAB podem exercer a profissão e os que não fizerem parte da ordem e estiverem exercendo a profissão seus atos serão considerados nulos e dependendo do caso fora da lei.

A OAB também tem grande valor quando se fala em atuação ética dos advogados, ela sendo a responsável por fiscalizar e auxiliar garante que os profissionais sigam uma conduta ética e de valor favorecendo assim advogados com as melhores praticas profissionais.

Exame da ordem dos advogados do Brasil

Todos os anos é lançado o calendário da OAB para todos os estudantes de direito realizarem o exame. Esses estudantes que finalizaram os seus cursos e desejam da permissão para começar a exercer a profissão devem ficar ligados ao lançamento do calendário e os prazos de sua realização.

A prova da OAB é considerada um dos exames mais difíceis realizados no país para conseguir a permissão para atuação profissional na área. Por ser uma profissão bastante importante, principalmente para o sistema legislativo, a cobrança é muito importante, tanto de conhecimento quanto de ética de valor.

A ordem precisa ser extremamente rigorosa para a entrada de novos membros e a realização do exame serve de auxílio para separar bons profissionais para o exercício da função. alguns estudantes chegam a passar anos estudando para conquistar a aprovação. Todos os anos são liberados 3 processos seletivos e cada processo é dividido em 2 etapas para que esses estudantes possam ir passando, uma quantidade mínima de acertos é estabelecida e a partir dai tem o avanço para uma nova etapa.

O acompanhamento do calendário do ano vigente, como é o caso do calendário OAB 2021, é essencial para esses alunos que desejam realizar a prova esse ano. Através dele ficaram informados sobre todas as datas das etapas do processo de seleção e serão auxiliados para não restar nenhuma dúvida sobre a realização do exame.

Pensando: como será a moda pós-pandemia?

A moda está em constante evolução. Desde o passado sempre foi um assunto muito discutido e a cada ano muito modificada. Antigamente a sociedade ditava as regras, hoje a moda conseguiu sua independência e é capaz de criar revoluções em mentalidades mais antigas.

A moda tem um significado social e grande influência na nossa maneira de ser. Ela determina grupos e faz com que algumas pessoas se identifiquem com outras só pelo modo que se vestem.

Vários períodos da história são responsáveis por influenciar diretamente nas roupas e jeito de se vestir da sociedade dos anos seguinte, como são os casos de grandes revoluções ou viradas de séculos e momentos de ocasiões marcantes.

Como a pandemia tem influenciado a moda?

Durante a pandemia e o então isolamento social atividades que antes eram feitas de forma presencial e que geravam a necessidade de sair de casa agora são feitas no conforto do lar. E essa é a palavra que mais está presente quando se fala em modo de se vestir durante a pandemia: conforto.

Trabalhos, aulas, reuniões e outros eventos acontecem de forma digital e devido a comodidade de estar em casa as pessoas começam a se vestir de forma mais confortável e leve, sem roupas que apertam e que sejam desconfortáveis. Prova disso é que o mercado de pijamas teve um aumento e algumas marcas brasileiras alcançaram um crescimento de 400%.

Reflexo da pandemia no verão 2021

O verão é a estação mais aguardada no ano e todo o planejamento que ela cria no mundo da moda é imensurável. O pensamento em praias, viagens e sol predominam e com ele vem o desejo de biquínis e roupas fresquinhas, leves e confortáveis.

A moda verão 2021 traz tendências mais leves e com cores mais neutras que dão um ar mais elegante as produções. Trazendo peças para todos os gostos e estilos. Os especialistas apostam em roupas de tons suaves, nas cores em tons pasteis com tecidos mais leves e com movimento para serem combinadas de acordo com o gosto de cada um. Roupas com uma luminosidade também serão uma das apostas para o próximo ano para quem gosta de roupas mais alegres e vibrantes.

As tendências em moda praia para 2021 traz um mix de estampas, tecidos e modelos que tem o objetivo de conquistar a todos os corpos e gostos. Biquínis que valorizam o corpo e que passam um conforto são os mais procurados e a grande aposta para esse verão. Cintura alta, de tirinhas, tomara que caia ou ciganinhas são alguns dos modelos que tem sido bastante utilizado pelas mulheres, maiôs também entram nessa lista.

Tendências são sempre estudadas e influenciam diretamente no modo de se vestir e nas produções feitas. Com o passar dos anos e dos acontecimentos haverá muitas mudanças, mas o mais importante sempre continua, a moda é para todos, todos os corpos, todos os gostos e todos os estilos.

Participação da indústria na economia brasileira sobe para 22%

A industrialização vem se tornando um dos principais meios de interação da economia brasileira. Sendo um dos principais setores a possibilitar uma maior rentabilidade e influência no Produto Interno Bruto (PIB) esse setor chamou atenção do mercado econômico e vem ganhando mais força.

Com investimentos em conhecimento, treinamento intensivo e gestão equilibrada as indústrias vem se destacando e ganhando com isso novos enfoques. A atividade industrial consiste em todo um processo de transformação, onde se extrai uma matéria prima e a partir dai são transformadas em bens de consumo. As indústrias que atualmente mais vem movimentando a economia são as de extração/ de base e as de serviços de utilidade pública, elas são responsáveis por trabalhar diretamente com a retirada da matéria prima do meio natural e fazem a transformação dessa matéria que se encontra na forma bruta.

A procura do mercado de trabalho nos setores industriais

Devido a essa crescente no mercado o meio industrial vem se tornando um atrativo a jovens ingressantes no mercado e trabalhadores que buscam um emprego rentável e uma estabilidade. Pessoas com um conhecimento prévio no meio industrial são prioridade para essas indústrias e qualificação é uma grande porta de entrada.

Essa qualificação vai de cursos de iniciação focado na indústria, passando por aperfeiçoamento, cursos técnicos, graduação tecnológica, pós-graduação e extensão. Todos esses serviços são oferecidos por instituições especializadas no assunto, como é o caso do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), que oferece cursos em diferentes modalidades para agregar ainda mais valor na formação profissional dos interessados na área.

Essa instituição tem como principal objetivo capacitar e aperfeiçoar trabalhadores da indústria que irão fazer parte desse mercado, fazendo com que assim o setor continue movimentando a economia.

O SENAI RJ 2021 e o SENAI SP 2021 são algumas das unidades que oferecem essa qualificação com diversos cursos em mais de 28 áreas de atuação. Desde a sua formação o Senai vem formando e qualificando pessoas para o ingresso no mercado de trabalho com um conhecimento mais técnico e focado na sua área de interesse de atuação.

Com unidades em todo o país e sendo uma instituição privada, mas com interesses públicos, o SENAI vem mostrando ser a principal escolha e a mais assertiva para jovens e adultos que tem o interesse em ingressar no mercado de trabalho de forma mais capacitada e nos setores industriais que trabalham com o objetivo de cada vez mais movimentar a economia do país gerando novos empregos e com isso um retorno econômico cada vez mais crescente.

Passo a passo para obter a bolsa para pós-graduação dos seus sonhos

Muitas pessoas desejam iniciar sua pós-graduação logo depois de se formar na graduação. No entanto, nem sempre têm condições financeiras de pagar essa especialização. Entretanto, há diversas formas de obter bolsas de estudos e ter acesso à promoções. Saiba que é possível qualificar-se e alavancar a carreira pagando bem menos. 

O Governo Federal criou diversos programas onde disponibiliza bolsas de estudo tanto para graduação, como também para pós-graduação. As inscrições para bolsas de estudos são feitas de forma simples e prática.

De modo geral, é de suma importância ficar sempre atento (a) aos programas governamentais e das próprias instituições de ensino. 

Cada programa possui as suas próprias regras para aqueles que desejam fazer um curso com desconto, seja com promoções ou bolsas de estudo. 

Para que você possa ficar por dentro de todas as informações sobre como conseguir ser contemplado com bolsas de estudo, continue nos acompanhando, pois trouxemos detalhes importantes referentes a estes procedimentos! 

Como conseguir bolsas de pós-graduação?

Atualmente, há diversas opções para conseguir uma bolsa de pós-graduação. Se você deseja realizar um curso de pós-graduação em uma instituição privada, saiba que é importante verificar todas as políticas institucionais da faculdade de interesse, afinal de contas, a maioria delas disponibilizam promoções e descontos para essa modalidade. 

Já se você deseja se especializar em uma instituição pública, saiba que também há formas de ingressar sem pagar nada. 

A seguir, confira os principais órgãos públicos que fornecem este tipo de apoio:

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

Este é um dos órgãos que concedem bolsas para alunos de mestrado e doutorado. No entanto, os acadêmicos devem se dedicar exclusivamente às atividades acadêmicas e de pesquisa, além de estarem cursando mestrado ou doutorado apenas, ou seja, escolher seguir por uma formação acadêmica.

Diferentemente de outros programa, a bolsa do CNPq é paga diretamente aos estudantes e varia entre R$ 1,5 e R$ 2,2 mil, dependendo da especialidade. 

FAPESP

Outro órgão que oferece bolsas de estudos para pós-graduação, sendo mestrado, doutorado e pós-doutorado é a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Ela é uma instituição pública. 

Os valores das bolsas e todos os processos seletivos variam de acordo com cada bolsa de estudo ofertada.

SENAC

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) possui um programa de bolsas de estudo, com o intuito de auxiliar o estudante financeiramente e incentivar os seus estudos. 

Para obter mais informações sobre, basta apenas acessar o site oficial do Senac! 

Fonte: educamais2021.com.br

Escolas brasileiras atuais estão longe de ser o ideal para uma boa educação

Independente do momento histórico vivido, a educação sempre se apresentou como ferramenta de propagação e inserção cultural. Hoje, na contemporaneidade ela se tornou um direito fundamental institucionalizado.

A democratização da educação é fundamental para manter uma unidade democrática. Com isso, teremos  um número cada vez maior de  cidadãos mais bem formados. Assim, é possível articular um projeto político que busque diminuir as desigualdades sociais, a violência e promover o crescimento econômico.

Segundo levantamentos da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), o percentual da taxa de analfabetismo de pessoas a partir de 15 anos em 2019 apresentou um aumento de apenas 0,2% em relação ao ano anterior.  Tudo isso significa que em 2019 o Brasil apresentava a cifra de 11 milhões de analfabetos nessa faixa etária.

Dados do Instituto Brasileiro de Geográfia e Estatística (IBGE) concluíram que em 2019 63,5% dos jovens com idades entre 18 e 24 anos não haviam concluído a educação básica (ensinos fundamentais e médios) e não frequentavam a escola.

Segundo os dados, o período de maior abandono escolar ocorre entre o ensino fundamental e o médio.

Entre os motivos responsáveis pela evasão escolar apontados pelos jovens, os principais foram: necessidade de trabalhar e falta de interesse. Para os homens, a necessidade de trabalhar alcançou o percentual de 50%, enquanto que as mulheres apresentaram o desinteresse como principal fator (24,1%). Entra os possíveis tarefas realizadas pelo grupo feminino, 11% afirmam que as atividades domésticas são responsáveis pelo abandono escolar.

Essas informações nos levam a um cenário bastante alarmante, apresentando dados que levam a refletir que as práticas adotadas no ensino público devam ser repensadas e possivelmente reformuladas.

Estudiosos afirmam que, apesar de estarmos no século 21, a escola no Brasil ainda pensa e tenta resolver os problemas do século passado. Apesar do empenho de grande parte dos professores, o sucateamento das escolas públicas brasileiras não permite o avanço que se espera.

A desvalorização do profissional da educação, a precarização das escolas e o pouco interesse público em mudar os dados apontados anteriormente são as principais características do cenário da Escola brasileira na atualidade. Tudo isso nos aproxima cada vez mais da falência de uma proposta de universalização do ensino promovida pela constituição de 1988.

Salvo alguns poucos exemplos de modelos de escolas que podem ser apontadas como verdadeiramente cumpridoras do seu papel social, de forma geral percebemos que as instituições públicas de educação básica tem apresentados mais pontos negativos, o que faz com que a exceção seja bem mais desejada do que a regra.

Alguns especialistas apontam que para que que haja mudança nesse preocupante cenário é preciso que toda a sociedade civil se uma e se responsabilize de forma direta, participando mais ativamente da vida escolar, ou indireta, cobrando melhores resultados a respeito dos investimentos públicos.