O clipe de “Me Libera Nega”, hit do MC Beijinho, já tinha pra lá de 440 mil visualizações no Youtube quando fiquei sabendo da história por trás de todo seu sucesso. Ou pelo menos de uma parte da história.

O lance é assim: segundo o pessoal do Multishow, MC Beijinho ainda era mais conhecido como Ítalo Gonçalves quando foi preso no dia 21 de novembro em Salvador depois de tentar roubar dois celulares. Só que nesse dia, ao ser levado pelos policiais, o artista não parou de cantar a letra de uma de suas músicas, algo que acabou chamando a atenção também de uma equipe da TV Record que correu até o local para fazer algumas filmagens.

A gravação da Record caiu no Youtube, viralizou, atraiu a atenção de alguns produtores e agora você deve ouvir Me Libera Nega por um bom tempo.

Essa é a versão resumida e sem graça da história.

Agora vem a versão mais interessante.

Ao contrário do que saiu em alguns sites, foi no dia 18 de novembro que  Ítalo se encrencou ao tentar assaltar um ônibus. 3 dias depois, um canal do Youtube postou o vídeo com o título de “Clipe Oficial do MC Beijinho”. Hoje ele tem mais de 160 mil views.

Já no dia 22 de novembro, depois que a música havia viralizado, a própria Record fez um especial contando a história do MC e já avisando que o produtor Filipe Escandurras, autor de alguns hits da Ivete, Harmonia do Samba, Luan Santana e, claro, Lepo Lepo, do Psirico, estava interessado em produzir Beijinho — o rapper, não o doce, aparentemente. Ao mesmo tempo, ia ao ar a fanpage do Mc no Facebook (que depois deu lugar para uma outra mais profissa, seguida por um “oficial” depois do nome).

No dia 25 de novembro, uma semana após a prisão do MC, já havia uma versão para Me Libera Nega no canal de Scandurras no Youtube  (com um “Ô” antes do título e um estilizado “feat Mc Beijinho”).

Depois de um mês, no dia 27 de dezembro, finalmente saiu o clipe oficial da música com uma pegada que mistura axé com rap. Uma batida que conquistou, inclusive, Caetano, que já fez sua versão, e até outros artistas, como Matheus & Kauan e Simone e Simara.   

Hoje tudo quando é artista chegado de Scandurras faz seu cover de Me Libera Nega ao vivo nos shows, às vezes com a presença de Mc Beijinho, às vezes com a do próprio Scandurras. O site do Mc está em construção (mas o template ficou ótimo!), juntamente com seu primeiro álbum. A Record não lançou nenhum outro vídeo com ele (que parece ter tido algumas tretas com o produtor).

Já Scandurras teve um ótimo fim de ano e é agradecido em vários vídeos por ter criado a música (que muitos estranhamente não sabem que não é dele).

A indústria da música não é linda?

Em breve

Outros lançamentos

Parceiros