Que a nossa querida Netflix anda fazendo um lindo trabalho de popularizar os documentários, provavelmente você já sabe. Um trabalho que vem colhendo bons frutos, diga-se de passagem, já que a empresa, além de conseguir lucrar com um tipo de produto que normalmente tem um preço bem baixo, também tem cravando seu nome até mesmo em listas de indicados ao Oscar – The Square, Virunga, What Happened, Miss Simone? e Winter on Fire: Ukraine’s Fight for Freedom, foram os que concorreram à estatueta até agora.

Mas sempre tem aquele documentáriozinho bacana que acaba passando despercebido no meio de tantas opções. E para que você não cometa mais essa injustiça, separamos por aqui 5 opções que estão ali, quase escondidas no catálogo da Netflix, mas que merecem muito a sua atenção.
Abra sua lista para ver depois e comece a seleção.

Valley Uprising

Um dos loucões do divertido e premiado Valley Uprising

Um dos loucões do divertido e premiado Valley Uprising


Cravado no meio da Serra Nevada do estado da California temos o maravilhoso Parque Nacional de Yosemite, um centro de proteção ambiental repleto de verde e muitas, muitas montanhas que, durante as décadas de 60 e 70 acabou sendo virando o point predileto de um grupo de hippies completamente insanos que adoravam fazer aquilo que todo grupo de hippie completamente insano mais ama: fumar um baseado, fazer sexo e escalar blocos gigantes de rochas.

Pois é a história desse grupo e o movimento que ele acabou criando que é o foco de Valley Uprising, um delicioso documentário repleto de histórias engraçadas e inspiradoras que fica ali, escondidinho nas prateleiras da Netflix.

Capital C

Zach Crain e sua ideia baseada em meias divertidas

Zach Crain e sua ideia baseada em meias divertidas


Sem essa de empreendedorismo de palco. De seguir os conselhos de negócios de caras que nunca nem sentiram o cheiro de um CNPJ novinho. Em Capital C o que nós vemos são histórias de sujeitos de carne e osso, normais, que resolveram colocar suas ideias em plataformas de crowdfunding e agora tem que lidar com o trabalho de movimentar suas campanhas on-line, criar os produtos e tocar os negócios para frente.

E para provar que nem toda casa de ferreiro tem espeto de pau, é bom lembrar que até mesmo esse filme foi bancado via financiamento coletivo através de uma campanha no Kickstarter.

Uma ótima (e divertida) pedida para quem sonha em empreender.

Transpatagônia

Um dos cenários apresentados por Guilherme Cavallari em sua Transpatagonia

Um dos cenários apresentados por Guilherme Cavallari em sua Transpatagonia


Durante 6 meses o jornalista brasileiro Guilherme Cavallari atravessou de bike alguns dos 6.000 km mais impressionantes e ameaçadores da América do Sul. Mais precisamente, a Transpatagônia: um caminho que liga o paralelo 41°, na Argentina, até a Ilha Navarino, na Terra do Fogo chilena. Só que além de fazer essa aventura, ele também gravou tudo com ajuda de várias câmeras GoPro que mais tarde dariam material para o diretor Cauê Steinberg editar e montar o documentário que leva o mesmo nome do trajeto e é um dos melhores achados que você pode encontrar na Netflix.

Um filme simples e lotado de sentimentos.

Best of Enemies

William F. Buckley com os ânimos exaltados contra Gore Vidal em Best of Enemies

William F. Buckley com os ânimos exaltados contra Gore Vidal em Best of Enemies

Se você acha complicado discutir com Bolsominions e acredita que, sim, até que a Globo tem um quê de golpista, então você precisa assistir Best of Enemies, um documentário dos diretores Robert Gordon e Morgan Neville que apresenta e tenta entender o que foi o debate que aconteceu em 1968 entre o ~esquerdopata~ Gore Vidal e o ~ultra coxinha~ William F. Buckley. Um filme que ajuda a entender não apenas como funciona a construção de ideias de cada lado de um debate, mas também como a televisão, desde então, descobriu que não interessa a opinião de quem está falando de frente para as câmeras, o que importa é o espetáculo.

Não vai aumentar sua fé na humanidade, mas pelo menos dá para entender um pouco melhor como muita coisa funciona por aí.

The Wolfpack

Os irmão da família Angulo

Os irmão da família Angulo


Tido como um dos melhores e mais bizarros filmes de 2015, The Wolfpack – que, inclusive, estava na lista de possíveis indicados ao Oscar – mostra a estranha história de uma família de 6 irmãos que passaram praticamente a vida inteira vivendo apenas dentro de um apartamento na cidade de Nova York, vendo a cidade pelas janelas e consumindo tudo quanto é tipo de filme possível em sua única TV.

Ah, um detalhe: além de assistir a vários clássicos, inclusive modernos – como Cães de Aluguel e Batman – o cavaleiro das trevas -, esses irmãos também se divertiam encenando as produções e gravando tudo em vídeo. Algo que claramente é apresentado pra gente pela diretora Crystal Moselle.

Curtiu a nossa listinha de documentários da Netflix? Então conte depois pra gente o que achou e aproveite para dar mais dicas aqui nos comentários.

Em breve

Outros lançamentos

Parceiros