Nada dá mais medo do que saber que aquela maldita história do filme de terror é real, não é? De olho nisso (e na proximidade do Helloween), o pessoal do Screen Rant resolveu fazer um vídeo exatamente sobre isso: 10 filmes de terror que foram baseados em fatos reais.

Dentre os discutidos pela equipe do canal estão alguns clássicos como Psicose, O silêncio dos inocentes e até outros como Do inferno, Zodíaco e Pânico. E para melhorar – ou piorar – tudo isso, fizemos uma dobradinha: separamos 3 dos casos comentados no vídeo – TODOS DISPONÍVEIS NO NETFLIX! – e destrinchamos um pouco mais sobre eles no post e deixamos o resto para você conferir direto no player do Youtube – logo no final do post 😉

Agora vale o aviso: se você não conseguir dormir a noite, não culpe a gente.

Alguns dos filmes comentados

the-strangers

Os estranhos – 2008

Lançado em 2008 e com Liv Tyler encabeçando o elenco, Os estranhos é um clássico terror slasher – normalmente protagonizado por um serial killer que encontra maneiras ~criativas~ de se passar o cerol nos personagens – que mostra um casal sendo encurralado por 3 estranhos mascarados dentro de uma afastada casa de campo.

A história real: Em 1981 quatro pessoas foram brutalmente assassinadas nos mesmos moldes do filme numa cabana da cidade de Keddie, no norte da Califórnia. Entre as vítimas estavam a mãe Glenna Afiado, seu filho John e o amigo Dana Wingate, e a sua filha mais nova, Tina Sharp, de 12 anos. No mesmo lugar ainda foram encontrados outros dois filhos de Glenna, que foram presos dentro de um quatro e trancados pelos assassinos – que acabaram deixando os garotos vivos e ilesos.

O motivo das mortes até hoje não foi explicado e nenhum suspeito foi preso.

tumblr_nwfovk7SiA1qk4fe1o4_r1_400

O silêncio dos inocentes – 1991

Considerado um dos clássicos do cinema – e não é por menos -, O silêncio dos inocentes mostra a caçada da agente Clarice Starling (Jodie Foster) atrás de um serial killer que tem por hábito arrancar a pele de suas vítimas. No entanto, para isso a jovem policial precisa entrar em contato com Hannibal Lecter (Anthony Hopkins), um assassino canibal que pode ajuda-la a entender melhor o funcionamento da mente do seu alvo.

banner-serial-killersA história real: Pouca gente sabe, mas o filme é baseado num romance do escritor Thomas Harris que buscou inspiração em 3 casos reais para contar a sua história. O primeiro caso é o do maníaco Ted Bundy, responsável pela morte de pelo menos 30 pessoas – de onde Harris tirou também a ideia do livro Dragão Vermelho, o primeiro com Hannibal Lecter. O outro caso foi o de Gary M. Heidnik, um assassino que tinha os mesmos costumes de capturar e manter as vítimas presas do personagem Buffalo Bill – vilão do filme.

Por último temos o caso de Ed Gein, um sujeito que abalou os Estados Unidos na década de 50 ao confessar alguns crimes macabros, cometidos em boa parte enquanto ele se vestia como sua mãe – e que caso você não tenha pego a referência, também serviu de inspiração para o clássico Psicose.

Quem quiser saber mais ainda pode conferir o documentário The Real Story of The Silence of the Lambs, disponível (em inglês) no Youtube.

O Exorcismo de Emily Rose – 2005

Dirigido pelo norte-americano Scott Derrickson – um especialista em filmes de terror -, O Exorcismo de Emily Rose a ~história real~ de um bispo que é levado à julgamento por causa da morte de uma jovem durante um ritual de exorcismo. O que acontece ao longo das quase duas horas de projeção é uma busca, tanto pelos personagens quanto pela audiência, pela verdade dos fatos.

A história real: Ao contrário da personagem principal do filme, a verdadeira Emily Rose na verdade se chamava Anneliese Michel e era uma garota que passou por quase 20 anos sem apresentar nenhum tipo de problema grave até começar a ter um comportamento bastante estranho, considerado por médicos como sendo uma série de ataques epiléticos.

Veja também:
Nosso videocast com 10 Filmes de terror para conferir no Netflix no Helloween

Porém, depois de passar 3 anos encarando os mesmos problemas – visões perturbadores, ouvir vozes e coisas do tipo – sua família resolveu apelar para os céus e chamar um padre em busca de resolver a treta. Só que, depois 3 rituais de Rituale Romanum – o tipo exorcismo mais antigo da igreja católica – comandados pelo padre Arnold Renz e pelo pastor Ernst Alt, Anneliese acabou morrendo por motivos de: pneumonia, segundo os médicos e ataque de demônios, segundos os religiosos.

A fita apresentada no julgamento e também no filme, contendo o áudio do exorcismo com várias vozes diferentes saindo da própria Anneliese, foi considerada real por diversos técnicos na época e é tida como um mistério – da fé? – até hoje.

Vídeo original com os 10 filmes

Em breve

Outros lançamentos

Parceiros